Blog

Introdução ao Código de Barras

30 de setembro de 2019

O que é?

É uma representação gráfica de dados numéricos e/ou alfa-numéricos (8, 12, 13 ou mais dígitos), utilizado para identificar determinado produto. A partir do código de barras, é possível o rastreamento e monitoramento de tal produto.

Como funciona?

Cada produto terá um número e caso haja variações num mesmo produto, como por exemplo, diversas cores, sabores e tamanhos, haverá um código para cada item.

TIPOS DE CÓDIGOS

Unidimensional – Esse código é o tradicional, ele é representado por barras que quando lidas por um leitor ótico geram as informações do produto.

Bidimensional – Esse código é mais atual e um de seus objetivos e otimizar o espaço em produtos levando o cliente para uma página de destino, em se tratando de marketing de produtos ou serviços, como há o bidimensional, com redundância, sendo um mesmo arquivo que está numa ponta podendo estar na outra. Mesmo que uma parte do código se perca, a informação ainda pode estar em outra parte. Nesta página contém todas as informações do produto através de um aplicativo de leitor de QR Code.

Dicas para impressão em Unidimensional

É mais indicado que se imprima o código na vertical, pois mesmo que haja um ou mais riscos na cabeça de impressão da impressora, nenhuma barra do código será danificada.

 

Tipo de código orientado por vendas.

B2B (Venda para outras empresas)

Nos casos em que sua empresa faz a venda de produtos para outras empresas é necessário que seus códigos sejam oficiais, ou seja, devidamente registrados e a JR Barcode pode orientar para que isso seja realizado devidamente. Assim você terá maior segurança em controles e seu código será reconhecido em todo mundo.

B2C (Venda para o consumidor final)

Nos casos em que as vendas da sua empresa sejam realizadas para o consumidor final, você pode ter um código interno, apenas para controles como: inventário, rastreabilidade, dos produtos.

Nele podem conter informações como a simples identificação do produto como também: lote, validade, Operador que o fabricou, por exemplo.

 

Entendendo esses pontos que foram abordados, fica um questionamento: “Qual código devo usar no meu negócio?”.

Em resposta a essa pergunta, elaboramos uma série de vídeos explicando os códigos mais importantes para que você entenda bem antes de tomar qualquer decisão.

 

Fique atento, em breve teremos mais vídeos repletos de dicas e conteúdos;

Não se esqueça.: JR BARCODE, “várias possibilidades com uma etiqueta”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *